sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Interessante no Orkut

Acredito ser de "pequenos" detalhes como nossa sociedade é moldada.
Lembro de Mametu Nangetu no ultimo cine clube dizendo que quando os representantes dos sensos batem na porta as pessoas se dizem: evangelicas, catolicas ou espiritas. Tanto isso é verdade que quando vamos preencher uma ficha qualquer como por ex. de emprego existe praticamente dois itens quando o assunto é religião "Você é catolico ou outros"?
Encontrei a seguinte enquete na comunidade de Lemba dilê(oxaguiãn): "Temos orgulho da nossa fé, os brasileiros são os que mais movimentam o Orkut e não temos um item sequer para selecionar com a nossa fé, temos o direito ao menos de um item = “religiões afro-brasileiras”. Quem concorda?"

Eu rticulamente concordo em solicitar ao Google pensar nisso.
E vocês???
abraços

4 comentários:

Kate Wasques disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kate Wasques disse...

Olá.. sou Kate Wasques, membro do Mansú e do Instituto, também faço parte do Mapeamento de terreiros... acredito, depois que estou fazendo este trabalho, que o medo da intolerancia, da sociedade, a falta de informação; faz com que este povo diga: "Sou católico". Temos que mostra-los seus direitos e deveres para com sua comunidade! "Sou sou do Axé, você não é...!" E nem todos sabem, quem somos. Então, cade o governo... a educação... os direitos do meu povo... Aonde este povo esta...

Kiazulembê disse...

Ola Kate.
Acho importante sua opnião a respeito pela Sra está neste magnifico trabalho(mapeamento) la no dia a dia, batendo em porta e porta.
Em um País como o nosso com tanta influência afro as pessoas não sejam até constrangida de dizer no que acreditam com medo do preconceito velado no qual vivemos.
Acredito que são(nestes tb) detalhes que as pessoas podem começar a ter orgulho de ser afro.
Pq não uma opção nas nos formularios ter ao menos a opção "afro religioso"

Kate Wasques disse...

O meu enteresse maior ao mapeamento, foi visualizar minha comunidade AFRO... ela esta uma indignação, em termos socioeconomico, a falta de informação, mesmo si intitulando "católicos", a maioria desses Umbandistas... acho ate por causa do sincretismo dentro da nação; eles não perdem a fé e o amor pela suas entidades.
Diz uma zeladora: "Sofro, desde da época da Ditadura... e até hoje, me cobro por minha vergonha e medo!" Imagina, que aqui em meu estado, ainda tem uma pressão, com uma das Federações.. uma pressão, que eu mesma, como Afro e por amor ao meu povo colocarei ABANTU.