sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

18/02/2011 - Cinema Paraense no Cineclube Nangetu

Um dia qualquer..., direção Líbero Luxardo (1965).
Recentemente restaurado pela Cinemateca Brasileira, Um dia qualquer... é um marco histórico importante do cinema brasileiro, sendo o primeiro (e um dos únicos) longametragem totalmente produzido no estado do Pará. Dirigido por um dos pioneiros do cinema paraense, Líbero Luxardo, o filme narra uma série de pequenas histórias a partir do drama de um personagem que rememora a vida ao lado da esposa recém-falecida, enquanto caminha pelas ruas de Belém. Para além de suas qualidades ficcionais e cinematográficas, o filme resiste como um importante e raro material histórico com as imagens e hábitos de uma capital paraense retratada com olhos de documentarista pelas câmeras do cineasta.
Uma crônica da cidade de Belém: a jovem estudante gazeteira e seu irmão, a prostituta motorizada, o romeiro no Círio de Nazaré, a sessão de macumba... Em meio às historietas, imagens do folclore local, de paisagens naturais e de monumentos arquitetônicos da Belém dos anos de 1960.


Cineclube Nangetu, coordenação: Kota Mazakalanje.
Tv. Pirajá, 1194 – Marco da légua, Belém/PA. 91- 32267599.
Início de cada sessão- 19h. Ao final haverá roda de conversa com a comunidade do Mansu Nangetu.
O Cineclube Nangetu é premiado no Edital Cine Pará Mais Cultura, e conta com a parceria do Governo Federal, Ministério da Cultura, Governo do Pará, Secretaria de Estado da Cultura, rede [aparelho]-: e Idade Mídia.
O Instituto Nangetu é Ponto de Mídia Livre/ 2009.

Um comentário:

Manoel disse...

MUKUI, E PARABÊNS A MAMETU NANGETU, E A TODOS OS INTEGRANTES DO INSTITUTO NANGETU. POR SEUS DESAFIOS E EMPREENDIMENTOS. ABRAÇOS E AXÉ DE PAI.MANOELDEXANGÔ.